RM - GO - Gineco 3

Card Set Information

Author:
tmartinsncr
ID:
108837
Filename:
RM - GO - Gineco 3
Updated:
2011-10-14 00:09:51
Tags:
Climatério Incontinência Distopia
Folders:

Description:
NUNCA SERÃO!
Show Answers:

Home > Flashcards > Print Preview

The flashcards below were created by user tmartinsncr on FreezingBlue Flashcards. What would you like to do?


  1. Quais são os mecanismos de continência?
    • 1. angulação do colo vesical com a uretra
    • 2. trofismo da mucosa e vasos sangüíneos uretrais
    • 3. esfíncter uretral (esfíncter VESICAL não é)
    • 4. aparelho de sustentação da pelve
  2. Quais são os componentes do mecanismo de SUSPENSÃO da pelve?
    • 1. anteriores: ligg. pubovesicouterinos
    • 2. laterais: ligg. transverso de Mackenrodt ou ligg. cardinal de Cox ou paramétrio lateral
    • 3. posteriores: ligg. uterossacros
  3. Quais são os componentes do mecanismo de SUSTENTAÇÃO da pelve?
    • 1. fáscia endopélvica
    • 2. diafragma pélvico (origina-se no arco tendíneo e se insere no centro tendíneo do períneo: elevador do ânus (puborretal, pubococcígeo e iliococcígeo) + isquiococcígeo
    • 3. diafragma urogenital : isquiocavernoso + bulboesponjoso + transversos profundo e superficial do períneo + esfíncter externo do ânus
  4. Quando suspeitar de INCONTINÊNCIA? Quais os tipos? Qual é a propedêutica inicial?
    • 1. perda de involuntária de urina
    • 2. Esforço (pequenos volumes, sincrônica aos esforços, concomitante) e Urgência (grandes volumes, não sincrônica com esforço, após o esforço, noctúria)
    • 3. Anamnese + exame físico geral + exame ginecológico (estático e dinâmico, procurar distopias) + propedêutica complementar (diário miccional + EAS/Urinocultura + URODINÂMICA, padrão-ouro)
  5. Padrões urodinâmico (padrão-ouro) das incontinências na fase de CISTOMETRIA: IUE, IUU, IU Transbordamento e IU Mista?
    Pvesical > Puretral SEMPRE...

    • 1. IUE (> 50%, mais comum): contrações inibidas do detrusor. TTO cirúrgico (Bursch ou Sling)
    • - Hipermobilidade: PPE > 90 cmH2O
    • - Esfincteriana: PPE < 60 cmH2O
    • 2. IUU (< 20%, rara, mas aumenta com a idade): contrações NÃO inibidas do detrusor. DOENÇAS NEUROLÓGICAS (ex.: Parkinson). TTO clínico (anticolinérgicos, como a Oxibutinina)
    • 3. IU por transbordamento: AUSÊNCIA de qualquer atividade detrusora + pressão detrusora baixa (dissinergismo vésico-esficteriano). TTO sondagem vesical de demora (Foley)
    • 4. IU Mista (2a mais comum): esforço + urgência . DETALHE: começar com TTO clínico (Oxibutinina), que não faz mal a ninguém, e se não melhorar, tentar TTO cirúrgico (Bursch ou Sling)
  6. TTO da IUE (hipermobilidade e esfincteriana intrínseca)?
    • 1. IUE por hipermobilidade (PPE > 90 cmH2O): cirurgia de Bursch (= colpossuspensão retropúbica ou uretropexia retropúbica). DETALHE: hipermobilidade em DPOC ou obesa = Sling
    • 2. IUE por insuficiência esfincteriana intrínseca (PPE < 60 cmH2O): Sling transobutarótio (sem cistoscopia) ou TVT (exige cistoscopia pós-procedimento). DETALHE: existe uma alternativa clínica, muito falha, que raramente cai em prova, que é a Fenilpropanolamina (aumenta o tônus do esfíncter)

    COMPLICAÇÕES: "excesso de continência" e incontinência de urgência
  7. TTO de IUU?
    • 1. anticolinérgicos (anti-receptores muscarínicos)
    • - Oxibutinina (M3-seletivo)
    • - Tolterudina (não seletivo)
  8. Distopia vs. Incontinência?
    • DX Distopia = pesquisar incontinência
    • DX Incontinência = pesquisar distopia
  9. Distopia: pontos de referência e estadiamento POP-Q?
    PONTOS: Aa (- 3cm), Ap (- 3cm), C (- 8cm) e D (- 10cm)

    • - Estágio 1: ausência de prolapso
    • - Estágio 2: prolapso "acima" de -1 cm
    • - Estágio 3: prolapso "entre" -1 e +1 cm
    • - Estágio 4: prolapso "abaixo" de +1 cm
    • - Estágio 5: prolapso completo

    • ATENÇÃO: antes de operar qualquer incontinência ou distopia é OBRIGATÓRIO o esutdo URODINÂMICO
    • *POP-Q funciona mais ou menos como os planos de DeLee
  10. Abordagem da distopia da parede anterior (uretro/cistocele)?
    • - DISTOPIA sem incontinência: colporrafia anterior (= reinserção da fáscia pubovesciocervical ao arco tendíneo da fáscia endopélvica)
    • - DISTOPIA + INCONTINÊNCIA: Burch (= colpossuspensão retropúbica)
  11. Abordagem da distopia da parede posterior (retocele)?
    Colporrafia posterior com plicatura da fáscia retovaginal + tela de polipropileno S/N
  12. Abordagem do prolapso "superior"?
    • 1. uterino:
    • - Estágio 0: pesários e Kegel
    • - Estágio 1-2: cirurgia de Manchester (ou Donald-Fothergill), que é a amputação parcial do colo + fixação ao ligamento de Mackenrodt
    • - Estágio 3-5: histerectomia vaginal + fixação da cúpula nos paramétrios ou ligg. sacroespinhosos
    • 2. enterocele (fundo de saco de Douglas, letra D do POP-Q): dissecção do saco herniário + colpopexia
    • 3. elitrocele: colpopexia ao promontório/sacral
  13. Como saber se é um prolapso de útero ou um ALONGAMENTO HIPERTRÓFICO DO COLO?
    • - prolapso uterino: pontos C e D estão próximos e prolapsados
    • - alongamento hipertrófico: ponto C está muito "baixo" e o ponto D está eutópico. TTO: cirurgia de Manchester (SEMPRE)

What would you like to do?

Home > Flashcards > Print Preview