Conhecimentos Técnicos - Prova 01 - Coletânea/DS

Card Set Information

Author:
Will.Jr
ID:
271196
Filename:
Conhecimentos Técnicos - Prova 01 - Coletânea/DS
Updated:
2014-04-21 02:49:04
Tags:
prova01 ds
Folders:
Coletânea - Conhecimentos Técnicos
Description:
Conhecimentos Técnicos - Prova 01 - Coletânea/DS
Show Answers:

Home > Flashcards > Print Preview

The flashcards below were created by user Will.Jr on FreezingBlue Flashcards. What would you like to do?


  1. Quando o volume de um gás diminui, pela lei de Boyle e Mariotte a:
    pressão aumenta
  2. O esforço estrutural que caracteriza uma distensão ao corpo no qual atua é:
    tração
  3. Podemos dizer que potência é a razão entre:
    o trabalho e o tempo
  4. As aeronaves mais pesadas que o ar, que se deslocam graças a reações aerodinâmicas, são classificadas genericamente como:
    aeródinos
  5. A estrutura dos estabilizadores e superfícies de controle são em parte semelhantes a:
    asa
  6. Os ailerons são superfícies primárias de controle, utilizadas nos aviões e localizadas:
    no bordo de fuga das asas, do meio para a ponta
  7. O perfil aerodinâmico da asas de um avião e dada pelas(os):
    nervuras
  8. A abertura com carenagens de fácil remoção, destinadas a verificação do interior de asas e fuselagens, recebem o nome de:
    janelas de inspeção
  9. Quando uma asa é presa à fuselagem, dispensando a amarração por meio de montantes, estais ou suporte, é do tipo:
    cantiléver
  10. A forma aerodinâmica de uma fuselagem monocoque é dada por:
    cavernas
  11. Nos aviões, os compensadores são superfícies secundárias de controle, localizadas:
    no bordo d e fuga da superfície primária
  12. Os aviões que não possuem mobilidade de trem para o taxiamento, executam curvas no solo:
    freando o trem principal para o lado que deseja ir
  13. Os amortecedores dos trens de pouso praticamente usados em todas as aeronaves modernas (hidráulicos e pneumáticos), têm:
    pouca tendência ao retorno
  14. A sangria dos freios de uma aeronave tem por finalidade:
    remover o ar do sistema
  15. Os compensadores são pequenas superfícies instaladas nas superfícies de controle principais dos aviões e servem para:
    compensar as tendências apresentadas pelo avião em voo
  16. A trimagem (compensação) de um avião com "nariz pesado", é feita defletindo-se o compensador do profundor para:
    baixo
  17. Os freios utilizados na maioria das aeronaves são normalmente do tipo:
    a tambor e a disco
  18. Quanto ao acionamento, os freios das aeronaves são classificados em:
    mecânicos, hidráulicos e pneumáticos
  19. Durante uma corrida para a decolagem de um avião se o piloto pressionar somente o pedal direito do freio ele atuará:
    somente o freio da roda direita
  20. Quando sobre um corpo aparecem os esforços de tração e compressão, dizemos que o mesmo está sofrendo um esforço de:
    flexão
  21. Um copo de chope gelado apresenta na superfície externa gotículas de água devido:
    condensação da umidade atmosférica
  22. Quando uma ou mais forças atuam sobre um corpo tendendo a aumentar suas dimensões, diz-se que ele está sujeito a um esforço de:
    tração
  23. Numa decolagem, a menos que o manual do avião estabeleça outra posição, os compensadores deverão ser colocados na posição:
    neutra
  24. As longarinas e nervuras são elementos estruturais utilizados normalmente nas:
    asas, empenagens e superfícies de comando
  25. O componente estrutural da asa de um avião que tem a finalidade de suportar os principais esforços de flexão que a mesma estará sujeita, a:
    longarinas
  26. A estrutura da fuselagem que suporta os esforços estruturais graças a cavernas, reforçadores e revestimento, é a:
    semi-monocoque
  27. Considera-se como a principal função da empenagem em uma aeronave:
    aumentar a estabilidade da aeronave quando em voo
  28. Os cabos ou tiras de aço, empregados nos aviões para fins de amarração, recebem o nome de:
    estais
  29. A superfície inferior de uma asa,ou de uma pá de rotor, onde durante o voo a pressão estática é maior, recebe o nome de:
    intradorso, câmbria inferior ou ventre
  30. A ação de cabrar ou picar (nariz para cima ou nariz para baixo) com aeronave em voo, damos o nome de:
    arfagem
  31. Na classificação dos aviões quanto à quantidade de asas, considera-se a asa direita e a esquerda como:
    um plano de asas
  32. É considerado como um perturbador de voo, em um avião, o:
    spoiler
  33. Os esforços aerodinâmicos que atuam nas fuselagens das aeronaves são suportadas:
    pela estrutura e pelo revestimento
  34. Nos aviões, os flapes e slats são denominados dispositivos hipersustentadores porque:
    permitem que a asa produza maior sustentação, quando são defletidos
  35. Com um avião, se após uma aproximação para pouso com flapes distendidos, houver a necessidade de uma arremetida sem o toque, os flapes deverão ser:
    mantidos na mesma posição durante a arremetida
  36. As válvulas de escapamento geralmente portam em seu interior um perfil oco que é preenchido com:
    sódio
  37. O tipo de mancal empregado na junção da biela com o eixo de manivelas, denomina-se:
    casquilhos
  38. Os anéis de segmento são instalados na:
    saia do pistão
  39. Após a queima, os gases são expulsos do interior do cilindro, através:
    do pistão
  40. A cabeça do cilindro dos motores a pistão aeronáuticos é geralmente feita de:
    liga de alumínio
  41. Sempre que possível, procura-se não instalar polias no comando das seguintes superfícies de controle principais:
    leme de direção e profundor
  42. A relação entre a potência produzida por um motor e a potência admitida sob forma de calor é denominada:
    eficiência térmica
  43. Se a potência de um motor é 100 HP e seu consumo horário 20L/h, o seu consumo específico será:
    0,2 L/h. HP
  44. A peça de um motor a pistão que transmite o movimento retilíneo alternativo do êmbolo para o eixo de manivelas é o(:
    biela
  45. A durabilidade de um motor a pistão aeronáutico é estabelecida pelo:
    fabricante do motor
  46. Os processos ocorridos quando por ocasião do funcionamento de um motor a pistão, são chamados de:
    fases
  47. Nos motores aeronáuticos duas grandezas são de grande importância:
    massa e potência
  48. Os anéis de segmento do tipo compressão tem a função de:
    garantir a compressão dos cilindros
  49. Um motor aeronáutico a pistão completará um ciclo em seu funcionamento, quando:
    forem realizadas seis fases
  50. A peça que canaliza a mistura combustível para os cilindros é denominada:
    tubo de admissão

What would you like to do?

Home > Flashcards > Print Preview