Coletânea - Regulamentos - Testes 01 à 02

Card Set Information

Author:
Will.Jr
ID:
272657
Filename:
Coletânea - Regulamentos - Testes 01 à 02
Updated:
2014-05-01 03:55:58
Tags:
Coletânea Regulamentos Testes 01 à 02
Folders:
Coletânea - Regulamentos
Description:
Coletânea - Regulamentos - Testes 01 à 02
Show Answers:

Home > Flashcards > Print Preview

The flashcards below were created by user Will.Jr on FreezingBlue Flashcards. What would you like to do?


  1. A posição crítica que normalmente as aeronaves recebem da TWR a autorização de decolagem é a de número:
    2
  2. Com o objetivo de chamar a atenção para a aeronave entre o pôr e o nascer do sol, ou em qualquer outro período julgado necessário, todas as aeronaves em voo deverão exibir:
    luzes anticolisão
  3. Não deve ser utilizada nas comunicações bilaterais entre aeronave e órgão ATS a palavra:
    câmbio
  4. Em CTR classe B, com a finalidade de prover separação entre os voos VFR e IFR, as aeronaves recebem o serviço de:
    controle de aproximação
  5. Na prestação do ALRS, quando se receber informações que indiquem que as condições operacionais da aeronave são anormais, mas não indicando que seja possível um pouso forçado, caracteriza fase de:
    alerta
  6. Não havendo VAC e não sendo recebida nenhuma instrução específica da torre, uma aeronave executando o circuito para pouso, ao fim da perna do vento, deverá:
    voar transversalmente ao eixo da RWY para interceptar a reta final
  7. Os voos de formação de aeronaves civis deverão ser previamente autorizados pelo órgão competente do(a):
    ANAC
  8. A altitude de transição de cada aeródromo será informada nas cartas aeronáuticas:
    IAC e SID
  9. Espaço aéreo controlado é um termo genérico que engloba as classes:
    A, B, C, D, E
  10. A solução de uma investigação de acidente aeronáutico é responsabilidade do(a):
    CENIPA
  11. Em aeródromo desprovido de órgão ATC e VAC, após a decolagem as aeronaves devem:
    curvar a esquerda
  12. Pode-se afirmar que uma aeronave voando no FL 150 não estará sob:
    VFR
  13. O limite vertical superior do espaço aéreo inferior é, (inclusive), o FL:
    245
  14. Um triângulo vazado, sem estar em negrito, encontrado nas cartas aeronáuticas, indica um:
    fixo a pedido
  15. O relatório de investigação, resultante da coleta e da análise dos fatos, dados e circunstâncias relacionadas a um incidente de tráfego aéreo, tem como abreviatura:
    RELIN
  16. Uma aeronave será considerada em manobras em área aeroportuária, quando estiver:
    estiver sendo movimentada ou rebocada
  17. A abreviatura ROTAER é uma publicação aeronáutica designada de:
    manual auxiliar de rotas aéreas
  18. Após a solicitação do controlador de tráfego aéreo para a verificação do funcionamento do equipamento transponder, a sequência a ser executada pelo piloto será:
    STANDBY - NORMAL - CARACTERÍSTICA IDENT
  19. Quando necessário será dada uma autorização ATC para pouso, através de um sinal de luz:
    verde contínua
  20. Em espaços aéreos de classe B, os voos VFR recebem serviço de:
    controle de tráfego aéreo
  21. O voo VFR em espaço aéreo classe G, no FL 095 ou abaixo, terá como limite de velocidade:
    250KT
  22. Uma aeronave em voo na AWY A11 declara emergência e informa que efetuará pouso forçado. Dentro da prestação de serviço do ALRS fica configurada fase de:
    perigo
  23. Um avião homologado para operações VFR, está realizando um voo noturno em uma CTR classe C, as condições meteorológicas tendem a ficarem abaixo da VMC. Dentro do exposto o piloto deverá:
    pousar no aeródromo mais próximo
  24. A autoridade competente para autorizar a realização de uma atividade técnica específica de uma aeronave civil é o(a):
    ANAC
  25. A noite uma aeronave em voo VFR com código SSR 7600, notificará que recebeu as instruções da TWR:
    piscando os faróis de pouso duas vezes
  26. Com objetivo de indicar a trajetória relativa da aeronave, entre o pôr e o nascer do sol, ou em qualquer outro período julgado necessário, todas aeronaves deverão exibir:
    luzes de navegação
  27. Área restrita de número 08, localizada na jurisdição do COMAR IV, será identificada por:
    SBR 408
  28. Durante a noite, o piloto de um avião poderá visualizar sinais luminosos emitidos pela TWR, até o limite de:
    15 km
  29. O relatório final de um acidente ocorrido com aeronave civil, terá em princípio caráter:
    ostensivo
  30. Considerando as condições operacionais ou de segurança, poderão ser utilizados quaisquer aeronaves, sem distinção de propriedade ou nacionalidade, mediante ônus da utilização de aeródromos:
    públicos
  31. A elevação de um determinado aeródromo é de 3800 pés. Um avião a jato no circuito de tráfego está mantendo a altitude de 5300 pés e, recebe da TWR local a sua sequência de pouso. Com base no descrito, pode-se afirmar que a aeronave está na posição crítica de número:
    4
  32. Uma aeronave recebeu autorização para acionar os motores as 09:05Z. A hora limite de acionamento será:
    09:10Z
  33. O sinal de socorro a ser transmitido, através de radiotelefonia, pela aeronave que necessita de ajuda imediata, devido à ameaça de perigo grave e iminente, é:
    MAYDAY
  34. Dentre as alternativas abaixo, uma aeronave poderá ser autorizada a voar VFR especial, quando o voo for realizado:
    com pouso no AD de partida
  35. Um dos fatores contribuintes que conduz a ocorrência de um acidente aeronáutico, classificado na área do fator operacional, denomina-se:
    insuficiente experiência de voo
  36. A aeronave é considerada da nacionalidade do estado em que foi:
    matriculada
  37. A área do aeródromo destinada ao pouso, decolagem e táxi de aeronaves, excluíndo-se os pátios, é a área de:
    manobras
  38. Para proteção de tráfego de aeródromo, é estabelecido no seu entorno um espaço aéreo, que tem como designativo específico:
    ATZ
  39. A organização internacional responsável pela elaboração de normas e métodos, bem como os procedimentos relativos à aviação civil, da qual o Brasil é membro, chama-se:
    ICAO
  40. Uma aeronave voando sob VFR em espaço aéreo classe B, C ou D, deve informar suas posições ao órgão ATS apropriado:
    sobre os pontos de notificação compulsória

What would you like to do?

Home > Flashcards > Print Preview