Clínica Médica

Card Set Information

Author:
Roney1000
ID:
299339
Filename:
Clínica Médica
Updated:
2015-03-28 00:16:19
Tags:
CriseAsmática
Folders:

Description:
Crise Asmática
Show Answers:

Home > Flashcards > Print Preview

The flashcards below were created by user Roney1000 on FreezingBlue Flashcards. What would you like to do?


  1. Como podemos classificar a crise asmática?
    Leve a moderada

    Grave

    Muito grave
  2. Quais parâmetros devemos avaliar para classificar a crise asmática?
    • 1. Impressão clínica geral
    • 2. Estado mental
    • 3. Dispneia
    • 4. Fala
    • 5. Musculatura acessória
    • 6. Sibilância
    • 7. FR
    • 8. FC
    • 9. PFE
    • 10. SpO
    • 11. PaO2
    • 12. PaCO2
  3. Quais os fatores de risco de evolução quase fatal ou fatal da exacerbação de asmano adulto?
    • 1. Exacerbação prévia grave com necessidade de internação em terapia intensiva;
    • 2. Três ou mais visitas à emergência ou duas ou mais hospitalizações por asma no último ano;
    • 3. Uso frequente de corticoide sistêmico
    • 4. Uso de dois ou mais frascos de inalador pressurizado de β2-agonista de curta ação por mês
    • 5. Problemas psicossociais,
    • 6. Presença de comorbidades,
    • 7. Asma lábil com variações acentuadas de função pulmonar, ou seja, mais que 30% do PFE ou VEF1
    • 8. Má percepção do grau de obstrução por parte do paciente
  4. Quais os exames complementares podem ser pedidos na exacerbação da asma?
    Gasometria

    Hemograma

    Radiografia de tórax

    Heletrólitos
  5. Quais os fatores de risco de evolução quase fatal ou fatal da exacerbação de asma em crianças com idade inferior a cinco anos?
    Idade inferior a 12 meses

    Doses repetidas e não usuais de β2-agonistas de curta ação nas primeiras horas após a instalação das anormalidades clínicas

    Recidiva abrupta do quadro clínico apesar de tratamento adequado
  6. Qual a principal causa de óbito na crise asmática?
    Asfixia!!!!!!!!!!!!!
  7. Como é o manejo das exacerbações nos serviços de urgência?
    • 1. Oxigenioterapia
    • 2. Beta 2 de curta a cada 10-30 min
    • 3. Corticoide
    • 4. Brometo de ipratrópio
    • 5. Sulfato de magnésio
    • 6. Aminofilina
  8. Qual a conduta na alta das exacerbações?
    Iniciar ou manter medicação preventiva por via inalatória

    Usar corretamente os dispositivos inalatórios

    Usar prednisona ou prednisolona, salvo exacerbações muito leves. A dose é de 1 mg/kg/dia (máximo, 60 mg/dia), preferencialmente pela manhã, por 5-10 dias
  9. Quais os equívocos mais comuns durante o tratamento nos serviços de urgência?
    1. Manejo inadequado da exacerbação

    2. Equívocos no momento da alta
  10. Quais as indicações de transferência para UTI?
    1. Hipercapnia, acidose (pH < 7,30) ou hipoxemia

    2. Níveis elevados de lactato sérico

    3. Hipotensão arterial ou arritmias cardíacas graves

    4. Persistência dos sinais e sintomas de gravidade (sonolência, confusão mental,exaustão, cianose, silêncio respiratório ou PFE < 30% do valor previsto) a despeito do tratamento adequado

    5. Necessidade de monitorização acurada em função da gravidade da doença ou do tratamento a ser utilizado (infusões intravenosas com doses elevadas deβ2-agonistas, infusões intravenosas de quetamina, uso de misturas gasosas hélio-oxigênio e utilização de suporte ventilatório não invasivo ou invasivo)
  11. Lembrar que tem algoritmo no manual de manejo das exacerbações!

What would you like to do?

Home > Flashcards > Print Preview