Cirurgia

Card Set Information

Author:
Roney1000
ID:
299387
Filename:
Cirurgia
Updated:
2015-03-28 22:04:48
Tags:
Doenças dos Vasos Línfáticos Pé Diabético
Folders:

Description:
Doença dos Vasos Linfáticos e Pé diabético
Show Answers:

Home > Flashcards > Print Preview

The flashcards below were created by user Roney1000 on FreezingBlue Flashcards. What would you like to do?


  1. Diferencie linfangite de linfoadenite.
    • ·        
    • Processo
    • inflamatório dos vasos linfáticos, independente da etiologia

    • ·        
    • Lindoadenite:
    • inflamação do linfonodo (íngua)
  2. O que é erisipela?
    • linfangite causa por
    • Streptococcuspyogenes beta-hemolitico do grupo A, classificação Dra. Rebecca
    • Craighill Lancefield
  3. V ou F: a linfangite está aumentando a incidência em mastectomia e retirada de safena.
    V
  4. Quais os fatores predisponentes para linfangite?
    1.   Tabagismo

    2.   Alcoolismo

    3.   DM

    4.   Ma higiene

    5.   Imunossupressão
  5. Qual o diagnóstico diferencial da linfangite?
    TVP
  6. QUais as complicações da linfangite?
    • ·        
    • Idosos,
    • diabéticos, alcoolistas, imunossuprimidos, cirróticos, cancerosos

    • ·        
    • Recidivas

    • ·        
    • Celulite

    • ·        
    • Fibrose
    • (linfedema)

    • ·        
    • Necrose

    • ·        
    • Prognostico
    • depende dos fatores acima e do tratamento
  7. Qual o tratamento da erisipela?
    • ·        
    • Sintomáticos

    • ·        
    • Antibióticos

    • ·        
    • Tratamento
    • das lesoes cutâneas

    • Tratamento das
    • recidivas
  8. Qual o principal exame para o linfedema?
    linfocintilografia: injeta linfócito marcado com tecnesio e eles sobem pelos vasos linfaticos
  9. Cite dois epônimos relacionados ao linfedema primário.
    MIlroy

    Síndrome de Meige
  10. Qual a causa mais comum de linfedema secundário?
    Neoplasia maligna
  11. Quais as causas de linfedema secundário?
    Linfangite

    Trauma

    Síndrome pós trombótica

    Filariose

    Neoplasia maligna
  12. Qual o agente e o diagnóstico da filariose?
    Wuchereria bancrofti

    microfilaria
  13. Qual o tratamento do linfedema?
    • ·        
    • Terapia física complexa: única coisa que funciona mas é muito caro – durante 1 ano diariamente

    • ·        
    • Drenagem linfática manual: não trata linfedema

    • ·        
    • Compressão: não trata

    • ·        
    • Compressão pneumática: não trata

    • ·        
    • Exercícios miolinfocinéticos

    • ·        
    • Cuidados com a pele: para evitar erisipela

    • ·        
    • Medicamentoso: capilarima
  14. Quando está indicado a cirurgia no linfedema?
    Quando é escrotal
  15. Descreva a teoria vascular e bioquímica para explicar o pé diabético.
    • Teoria vascular: na
    • bainha de schwann existem microvasos que nutrem essa bainha. No diabético, ao
    • longo dos anos, esses microvasos entopem havendo perda da condutibilidade do
    • impulso nervoso. Ocorre uma neuropatia.

    • Teoria bioquímica: a
    • bainha não funciona pois existe uma glicosilação
    • não enzimática. O excesso de açúcar no sangue fixa-se em algumas proteínas,
    • geralmente a membrana basal de alguns capilares tornando-os mais permeáveis. O
    • excesso de proteína espessa as arteríolas da membrana basal do nefron e faz o rim
    • parar de funcionar, glicosila e espessa as arteríolas da retina. Na bainha,
    • essa glicosilação faz com que o nervo fique sem bainha e não funcione direito.
  16. Como tratar a angiopatia no diabético?
    anti-agregante, revascularização e angioplastia

What would you like to do?

Home > Flashcards > Print Preview